.
Início do cabeçalho
.

Início do conteúdo

Início do conteúdo

Os núcleos de cooperação judiciária são espaços institucionais de análise, diagnóstico e deliberação a respeito da litigiosidade em cada tribunal, foro ou localidade. Favorecem o diálogo interno entre os juízes ou mesmo entre o Judiciário, demais sujeitos do processo e agentes públicos e sociais. Permitem maior fluidez, agilidade e eficácia ao intercâmbio de atos judiciais e favorecem o exercício de uma jurisdição mais harmônica e colaborativa.

Conheça aqui quais são os juízes de cooperação e os comitês executivos nacionais e estaduais da rede de cooperação.