.
Início do cabeçalho
.

Início do conteúdo

Início do conteúdo
Medida prioriza acesso de deficientes visuais. Segunda fase começa em março (Gláucio Dettmar/Agência CNJ)
Medida prioriza acesso de deficientes visuais. Segunda fase começa em março (Gláucio Dettmar/Agência CNJ)

A Divisão de Engenharia e Manutenção (Dieng) iniciou, em 16 de janeiro, a instalação da sinalização visual dos edifícios do TRF1 para adequação às normas de acessibilidade, em especial a ABNT NBR 9050/2015 que trata sobre acessibilidade a edificações, mobiliário, espaços e equipamentos urbanos. A ação corresponde a uma das etapas do projeto estratégico de adequação de acessibilidade (PAe 0003397-65.2017.4.01.8000), sob gerenciamento da Seção de Projetos e Acompanhamento de Obras da Divisão de Engenharia e Manutenção (Sepob/Dieng) e coordenado pela Comissão Permanente de Acessibilidade, unidade vinculada à Presidência.

Essa sinalização de acessibilidade contempla placas com texto em braille, instaladas nas portas de acesso principal, para designação das unidades; identificação dos pavimentos, entradas de elevadores e, também, acesso às escadas e aos sanitários. Na segunda fase, com início previsto para março, serão instalados mapas e piso táteis em todos os pavimentos com a identificação em braille da localização de todas as unidades e a indicação do percurso para acesso universal às dependências do Tribunal.

Fonte: TRF1


Tópicos: acesso à justiça,Acessibilidade