.
Início do cabeçalho
.

Início do conteúdo

Início do conteúdo
Última leva continha 455 delas. Entrega segue resolução do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) (Divulgação/TJCE)
Última leva continha 455 delas. Entrega segue resolução do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) (Divulgação/TJCE)

A Assistência Militar do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE) entregou, na última quarta-feira (28/11), 455 armas de fogo ao Exército Brasileiro para serem destruídas.

Entre as armas enviadas estão revólveres, pistolas e garrunchas. O armamento estava vinculado a processos criminais e foi liberado para a destruição pelos juízes de várias comarcas do Estado do Ceará, responsáveis pelas respectivas ações.

Só em 2018, foram enviadas pela Assistência Militar, que tem à frente o tenente-coronel Cláuber de Paula, 3.136 armas de fogo. Além disso, em abril deste ano, 3.500 armas brancas já haviam sido incineradas.

Fonte: TJCE


Tópicos: Segurança Pública,Desarmamento, destruição de armas