Últimas páginas visitadas

Utilização de papel reciclado.19/07/2012Brasília - DFFoto: Rodrigo de Oliveira
Utilização de papel reciclado.19/07/2012Brasília - DFFoto: Rodrigo de Oliveira

Incentivar o uso racional e inteligente dos materiais de expediente e permanentes por servidores e magistrados. Esse é o objetivo da campanha “Destralhe – mais sustentabilidade e menos desperdício”, lançada na abertura da Semana do Meio Ambiente, no auditório do Centro Administrativo do Tribunal de Justiça do Maranhão.

A ação institucional – lançada no Dia Mundial do Meio Ambiente (5 de junho) – é uma das ações previstas na Resolução 201/15 do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e também no Plano de Logística Sustentável do Tribunal de Justiça, cuja Comissão Gestora tem como presidente o desembargador Jorge Rachid.
Na prática, o “Destralhe” busca receber o que está sem uso pelos setores. Para isso, os materiais de expediente poderão ser devolvidos nos containers que serão disponibilizados nos prédios centrais das comarcas.
Nas unidades judiciais com número menor de servidores e setores, a separação pode ser feita no próprio local para coleta pelo Núcleo Socioambiental, conforme agendamento pela unidade.
Já os materiais de informática, como toners, impressoras, monitores, estabilizadores, nobreaks e outros, poderão ser devolvidos por meio de ofício para a Diretoria de Informática.
Em relação aos materiais permanentes, como móveis, cadeiras e mesas, a devolução pode ocorrer pelo Digidoc no assunto “Devolução de Material Permanente”.
TRABALHO SÓLIDO - O presidente do Tribunal de Justiça do Maranhão, desembargador Joaquim Figueiredo elogiou a iniciativa e destacou o trabalho sólido e eficiente da Comissão Gestora do Plano de Logística Sustentável do Tribunal de Justiça, presidida pelo Desembargador Jorge Rachid.
"A campanha integra o rol dos valores organizacionais do Poder Judiciário do Maranhão com a implementação de ações voltadas para garantir mais eficiência e equilíbrio na área socioambental ", afirmou o presidente do TJMA.
A campanha é uma forma de proteger o meio ambiente dentro da proposta de reduzir a produção de resíduos e também de economicidade ao incentivar a reutilização dos materiais e bens de consumo, além de dar uma destinação ambientalmente adequada ao que estiver inservível.
O projeto tem o apoio da Diretoria Administrativa (Coordenadoria de Material e Patrimônio) e Diretoria de Informática (Coordenadoria de Manutenção de Equipamentos).
EFICIÊNCIA ENERGÉTICA – No ocasião, será entregue ainda o projeto de eficiência energética, executado no Centro Administrativo pela Cemar, por meio da troca das lâmpadas do prédio de comuns por led, sem custos para o Poder Judiciário do Maranhão.

Fonte: TJMA


Tópicos: meio ambiente,Sustentabilidade,Plano de Logística Sustentável (PLS)

.

SEPN Quadra 514 norte, lote 9, Bloco D CEP: 70760-544 

Telefones - 55 61 2326-5000 Horário de atendimento ao público: das 12h às 19h, de segunda a sexta-feira, exceto nos feriados.

W3C Válido