Últimas páginas visitadas

Programa “Justiça e Cidadania se Aprendem na Escola” completa 24 anos de existência, em 2017. FOTO: TJPR
Programa “Justiça e Cidadania se Aprendem na Escola” completa 24 anos de existência, em 2017. FOTO: TJPR

 

Completando 24 anos de atuação, o Programa “Justiça e Cidadania se Aprendem na Escola”, coordenado pela 2ª Vice-Presidência do Tribunal de Justiça do Paraná (TJ-PR), finalizou 2017 atingindo a marca de 14.775 crianças atendidas em 36 comarcas do Estado. Espalhando informações sobre direitos e deveres, a iniciativa conseguiu levar conhecimentos para mais de 300 escolas paranaenses.

Em Curitiba, a iniciativa foi acompanhada de perto pela Desembargadora Astrid Maranhão de Carvalho Ruthes, que atuou como coordenadora do programa, trabalhando em parceria com as juízas: Fernanda Karam de Chueiri Santos, Adriana de Lourdes Simette, Flávia Viana e Letícia Guimarães. Com a dedicação das magistradas, o programa obteve um grande ganho com o aumento do número de escolas participantes, que saltou de 15, em 2016, para 22 nesse ano.

Além delas, vários outros magistrados, advogados e promotores atuaram de forma voluntária, participando de palestras e ações culturais. Ao final das atividades, as crianças participantes tiveram a oportunidade de mostrar o que aprenderam com apresentações de música, teatro e júris simulados.

Em Ubiratã, 11 escolas participaram do programa. Na festa de encerramento, acompanhada pela 2ª Vice-Presidente do TJ-PR, Desembargadora Lidia Maejima, o juiz da Comarca, Ferdinando Scremin Neto, reuniu dezenas de alunos e professores. Na ocasião, foram premiadas as redações de estudantes que escreveram sobre Justiça e Cidadania. O destaque foi o texto da aluna Camila Haiane dos Santos Pereira, do 5º ano da Escola Municipal do Campo Helena Connor Braz.

Em Campina Grande do Sul, a juíza Paula Priscila Candeo Haddad Figueira levou o “Justiça e Cidadania se Aprendem na Escola” para todas as escolas municipais da cidade e também para instituições de Quatro Barras. No total, mais de 1.300 crianças foram atendidas na região.

O último evento da Comarca, realizado no final de novembro, também contou com a participação da 2ª Vice-Presidente do TJ-PR. Na ocasião, alunos da Escola Municipal Augusto Staben realizaram um júri simulado, e os estudantes com as melhores redações ganharam medalhas do programa. O destaque ficou por conta do estudante Natan dos Passos Freitas Maciozek, que escreveu o texto intitulado: “Lição de vida e compromisso com a cidadania por uma vida melhor!”.

 


Tópicos: acesso à justiça

SEPN Quadra 514 norte, lote 9, Bloco D CEP: 70760-544 

Telefones - 55 61 2326-5000 Horário de atendimento ao público: das 12h às 19h, de segunda a sexta-feira, exceto nos feriados.

W3C Válido