.
Início do cabeçalho
.

Início do conteúdo

Início do conteúdo
Making-of da gravação TV Justiça. Foto: Luiz Silveira/Agência CNJ
Making-of da gravação TV Justiça. Foto: Luiz Silveira/Agência CNJ

Na edição desta semana, o Link CNJ vai abordar um tema bastante atual, as redes sociais. Como utilizá-las com mais segurança? Um especialista na área dá dicas para que sua privacidade não seja violada. O programa que vai ao ar nesta quinta-feira (25/4) traz ainda uma entrevista com o defensor público Ramiro Nóbrega que fala como a judicialização da saúde impacta a vida de muitos brasileiros que buscam este direito, em especial aos planos de saúde.

Outro destaque é a campanha Declare seu Amor. A iniciativa do  Tribunal de Justiça do Estado de Rondônia (TJRO) incentiva pessoas físicas a doarem essa opção de utilizar parte do imposto de renda pago e recolhido na fonte para custear as ações dos Fundos dos Direitos da Criança e Adolescente. Os contribuintes têm uma opção simples e prática de utilizar parte do Imposto de Renda para financiar medidas de amparo a crianças e jovens em situação de vulnerabilidade. A doação de parte do tributo pode ser feita durante o preenchimento e envio da declaração do IR à Receita Federal.

 

O Link CNJ vai ao ar às 21h30 na TV Justiça nesta quinta-feira (25). A TV Justiça pode ser sintonizada por antena parabólica e, em todo o Brasil, pelas seguintes operadoras: DHT (canal 6), Embratel (canal 120), GVT (canal 232), Oi (canal 21), Sky (canal 167), Star Sat (canal 27) e Telefônica (canal 691). O programa Link CNJ terá reprises sempre às 12h30 dos sábados e às 7h30 das terças-feiras. Para assistir aos programas já veiculados, clique aqui para acessar o canal do CNJ no Youtube.

Agência CNJ de Notícias


Tópicos: link CNJ,judicialização da saúde