.
Início do cabeçalho
.

Início do conteúdo

Início do conteúdo
O corregedor Humberto Martins fiscalizou os setores administrativos e judiciais do tribunal maranhense - Crédito: Ascom TJMA
O corregedor Humberto Martins fiscalizou os setores administrativos e judiciais do tribunal maranhense - Crédito: Ascom TJMA

Nesta sexta-feira (29/3), a equipe da Corregedoria Nacional de Justiça encerou os trabalhos de inspeção no Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA). A equipe, composta por quatro juízes e seis servidores, e coordenada pelo ministro Humberto Martins, corregedor nacional de Justiça, fiscalizou os setores administrativos e judiciais da Justiça comum estadual de segundo grau de jurisdição do tribunal e estadual e serventias extrajudiciais do Estado.

“A inspeção é uma atividade normal da Corregedoria do CNJ, para que sejam feitas orientações e recomendações buscando o aperfeiçoamento dos serviços judiciários”, destacou o juiz auxiliar Sérgio Ricardo de Souza, ao reiterar a mensagem do ministro Humberto Martins sobre o caráter institucional da correição.

O presidente do TJMA, desembargador Joaquim Figueiredo, agradeceu à equipe do CNJ pelo trabalho realizado durante a semana, destacando a qualidade do tratamento dado aos magistrados e servidores no decorrer das atividades.

O corregedor-geral de Justiça, desembargador Marcelo Carvalho, também destacou a relevância do trabalho realizado pelo Corregedoria Nacional ao fornecer um feedback aos tribunais após análise dos serviços do Judiciário.

Judiciário forte

Na quarta-feira (27/3), o corregedor nacional fez atendimento ao público e visitou as instalações do TJMA. Durante a visita, Martins destacou, novamente, que a inspeção faz parte da fiscalização permanente do próprio tribunal e visa contribuir para uma melhor qualidade dos serviços jurisdicionais.

“A correição é um procedimento de rotina e, além de buscar informações sobre o funcionamento dos serviços da Justiça, compartilha as boas práticas com os tribunais. É uma troca de experiências”, disse o ministro.

Ele ressaltou ainda que o trabalho da Corregedoria busca os melhores caminhos para uma justiça viável, de qualidade, que tenha o respeito da sociedade. “Não existe cidadania, nem Estado de Direito pleno, sem um Judiciário comprometido e atuante. Poder Judiciário forte significa cidadania respeitada”, afirmou o corregedor.

O estado do Maranhão foi o oitavo a receber a inspeção da Corregedoria Nacional de Justiça, sob o comando de Humberto Martins. Já foram inspecionados os tribunais de Justiça de Sergipe, Piauí, Amapá, Distrito Federal, Rio Grande do Norte, Espírito Santo e Alagoas.

Fonte: Assessoria de Imprensa do TJMA


Tópicos: corregedoria nacional de justiça,TJMA