Últimas páginas visitadas

Maioria dos processos da sessão virtual era de recursos contra atos administrativos de tribunais e corregedorias. FOTO: Luiz Silveira/Agência CNJ
Maioria dos processos da sessão virtual era de recursos contra atos administrativos de tribunais e corregedorias. FOTO: Luiz Silveira/Agência CNJ

 O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) julgou 40 dos 63 processos durante a 31ª Sessão Virtual. Os demais processos foram retirados de pauta. Essa foi a primeira sessão virtual do ano de 2018. A exemplo de outras sessões, a maioria dos processos da pauta era de recursos contra atos administrativos de tribunais e corregedorias – 49 processos.

Havia ainda cinco pedidos de prorrogação de processos administrativo disciplinares (PADs), três procedimentos de controle administrativo (PCAs), uma reclamação disciplinar, três pedidos de providência (PP) e uma reclamação disciplinar (RD).

Além disso, há um parecer de mérito sobre anteprojeto de lei e um procedimento de competência de comissão.Nessa modalidade de sessão, os julgamentos são realizados à distância, em plataforma virtual hospedada no Portal do CNJ. A votação ficou aberta para os conselheiros do dia 5 de fevereiro, às 14h até o dia 15 de fevereiro às 13h59.

Paula Andrade

Agência CNJ de Notícias 


Tópicos: decisões do CNJ,sessão virtual

SEPN Quadra 514 norte, lote 9, Bloco D CEP: 70760-544 

Telefones - 55 61 2326-5000 Horário de atendimento ao público: das 12h às 19h, de segunda a sexta-feira, exceto nos feriados.

W3C Válido