.
Início do cabeçalho
.

Início do conteúdo

Início do conteúdo
Para assistir aos programas já veiculados,  acesse o canal do CNJ no Youtube. FOTO: Gil Ferreira/Agência CNJ
Para assistir aos programas já veiculados, acesse o canal do CNJ no Youtube. FOTO: Gil Ferreira/Agência CNJ

O programa Link CNJ desta quinta-feira (23/2) vai mostrar a realidade de mulheres que são presas enquanto estão grávidas e, depois, permanecem encarceradas com os recém-nascidos. 

Vamos conhecer ainda a nova seção do Portal do Conselho na internet. O telespectador também vai acompanhar notícias do CNJ e de tribunais. As reprises do programa serão no sábado (24), às 12h30, e na terça-feira (27), às 7h30.

A TV Justiça pode ser sintonizada por antena parabólica e, em todo o Brasil, pelas seguintes operadoras: DHT (canal 6), Embratel (canal 120), GVT (canal 232), Oi (canal 21), Sky (canal 167), Star Sat (canal 27) e Telefônica (canal 691).

Para assistir aos programas já veiculados, clique aqui e acesse o canal do CNJ no Youtube.

Agência CNJ de Notícias


Tópicos: decisões do CNJ